Companhia Sulamericana de Distribuição amplia e-commerce para 26 cidades e triplica capacidade de atendimento

Fazer compras de supermercado sem sair de casa, conforme a recomendação dos órgãos de saúde em período de pandemia do novo coronavírus. Eis a facilidade do e-commerce, um canal de compra que só no último mês cresceu 500% na Companhia Sulamericana de Distribuição (CSD). E para atender melhor os clientes, a empresa que detém as marcas de supermercados Cidade Canção, Amigão, São Francisco e Stock Atacadista aumentou o número de lojas que disponibilizam o serviço e reforçou a equipe. Até o final do ano passado, nove lojas, em nove cidades, disponibilizavam o e-commerce. Atualmente são 36 lojas, em 26 cidades. Para isso, foi preciso reforçar a equipe em 49 pessoas.

         O cliente tem a opção de receber os produtos em casa ou retirar na loja, em horário agendado. São, em média, mil pedidos diários no e-commerce. Esse canal de compra ganhou força com a orientação das pessoas ficarem em casa devido ao coronavírus. “Como há a recomendação de evitar sair de casa e, além disso, para atender a decretos municipais, nossas lojas estão com limitação do número de consumidores, pessoas que nunca tinham experimentado a compra on-line começaram a utilizar o serviço”, conta o diretor de marketing, Thiago Donald.

         Ele acrescenta que a variedade e preços são os mesmos das compras presenciais e que a entrega é feita no mesmo dia ou no máximo no dia seguinte. “Os clientes estão descobrindo a praticidade e a conveniência do serviço. Temos uma plataforma de vendas prática e amigável”, reforça o diretor.
         Cada loja conta com equipe exclusiva para o e-commerce: supervisor, assistente administrativo para acompanhar os pedidos no sistema e a equipe de separadores dos produtos. Todos os colaboradores são orientados sobre a higienização frequente, e a equipe de entrega utiliza álcool gel no manuseio das sacolas. A expectativa é que a utilização do serviço continue a crescer em maio e junho. E, mesmo depois da pandemia, o serviço deverá continuar em alta pela praticidade e experiência positiva de quem experimentou o canal de compra.